ESSA ERA A NOSSA POSIÇÃO EM MARÇO DE 2018:

MANDADO DE SEGURANÇA
ESCRIVÃO JUDICIAL

 


A ASJCOESP informa aos seus associados que na data de ontem (22/03/2018), através de seus advogados constituídos, ingressou com Mandado de Segurança com pedido de liminar junto ao Supremo Tribunal Federal  (Protocolo nº 00678583220181000000) contra ato do Conselho Nacional de Justiça que determinou a exoneração dos servidores que já estão há anos nos cargos de Coordenador e Supervisor de Serviço, fato que não foi pleiteado por ocasião da apresentação do Pedido de Providências.

O pedido de Liminar consistiu em suspender cautelarmente a decisão proferida pelo CNJ no que respeita a determinação de exoneração em 120 dias “dos cargos em comissão de Coordenador ou de Supervisor de Serviço os servidores que exercem a função de escrivão judicial sem diploma de curso superior”.

 

Vamos acompanhar de perto o andamento dos pedido

 Aguardem por novas informações!

 

A PRESIDÊNCIA

 ..................................................................................................................................................................................

24 de julho de 2018

mandado24jul18

 

 

28 DE JUNHO DE 2018

 

ATENÇÃO : SE O COLEGA ESCRIVÃO NÃO ACREDITOU NA SUA ASSOCIAÇÃO DOS SERVENTUÁRIOS, VEJA ABAIXO O RESULTADO PRELIMINAR DO STF NO PEDIDO DE MEDIDA LIMINAR NO MANDADO DE SEGURANÇA EM FAVOR DOS ESCRIVÃES JUDICIAIS SEM NÍVEL SUPERIOR, ALCUNHAOS DE: COORDENADOR - SUPERVISOR- DIRETOR DE DIVISÃO, ETC. , LEIA ABAIXO O RESULTADO DA MEDIDA PELO STF

 COPIAMOS ABAIXO A MEDIDA CAUTELAR EM MANDADO DE SEGURANÇA 35.600- SÃO PAULO

 

mandado 1

 

mandado2

 

mandado 3

 

Categoria: Destaques
Última Atualização: Quarta, 25 Julho 2018 13:02
Acessos: 1064

© Telefones: São Paulo: 3111-9300 (Capital) - 0800-0140006 (Interior).